13 coisas que você precisa saber antes de advogar [DICA BÔNUS]

Compartilhe

Se tem uma coisa que não ensinam no curso de Direito é de como será a vida do advogado para aqueles que escolherem a carreira. Além disso, se você assiste séries como Suits e pensa que ao advogar será um Harvey Specter da vida, rios de dinheiro e nunca perder um caso, saiba que está muito enganado (mas vale a pena você ver a lista de filmes e documentários que preparamos. Certamente vai te fazer ter outra visão do Direito), Pensando nisso, listamos 13 coisas que você precisa saber antes de se tornar um advogado(a).

Publicidade




Você pode ter acabado de se graduar em Direito, mas você não sabe de nada

Pois é, Inocente, não vai saber de muita coisa. O curso de direito realmente não ensina você a praticar o direito. No início, pode parecer quase sempre que você recebe uma tarefa, é algo que você nunca fez antes. A ansiedade deve diminuir após alguns anos, quando você desenvolveu uma base decente de habilidades.

Você provavelmente não vai gastar muito tempo em fórum

Na verdade, você nunca pode ver uma sala de audiências. O advogado na vida real raramente se assemelha ao que é retratado em filmes e programas de TV. A maioria dos advogados não está no tribunal entregando discursos crescentes na frente dos júris toda semana, principalmente ganhando todas.

Ser advogado significa ser um escritor

Certamente, em alguns campos, advogados escrevem mais do que outros. Mas, não importa em que área você praticar, você fará uma quantidade razoável de escrita: resumos, memorandos, contratos, cartas, e-mails, etc. Então, prepare suas habilidades de escrita, porque comunicar de forma clara e efetiva é a maior parte do trabalho de se tornar um advogado.

Você vai ficar realmente entediado se não escolher uma área que se encaixa na sua personalidade

Se a sua paixão é de interesse público em direito ambiental, ou direito penal, ou qualquer outra área, você pode ficar aborrecido com lágrimas se você praticar a lei de falências em vez disso. Escolha a seara que você mais gosta.

Você nem sempre poderá encontrar uma resposta clara

As questões legais podem ser muito complexas, e as soluções nem sempre são diretas. Encontrar uma resposta pode exigir uma quantidade significativa de análise, pesquisa, discussão e reflexão. Você precisa ser capaz de lidar com a incerteza e exercer um pensamento crítico e criativo.

Você deve sempre anotar as coisas

Se você não for o Mike Ross, sua memória não é infalível. Como advogad@, fazer anotações sobre tudo, seja uma conferência telefônica de cinco minutos ou uma reunião de um dia inteiro, é extremamente importante. É difícil lembrar-se de cada detalhe importante quando você está fazendo malabarismos com várias questões, e às vezes um problema ressurgirá meses ou mesmo anos após a última vez que pareceu relevante.

Você precisa de um calendário e uma lista de tarefas para funcionar

Não há como lembrar de tudo o que você precisa fazer, ou quando todos os seus prazos e reuniões e chamadas são. Coloque tudo no seu calendário, logo que esteja agendado, escreva todas as tarefas em uma lista de tarefas e depois verifique regularmente. Já sugerimos um bom aplicativo para ajudar você na prática forense na nossa lista de aplicativos. 

Lembre-se de cuidar de si mesmo

A menos que seu sonho seja morrer de um ataque cardíaco em sua mesa, você deve priorizar hábitos saudáveis, como fazer exercícios, dormir o suficiente e comer algo saudável. Tire alguns dias de férias. Se não der, tire um dia ou dois só pra você (dica bônus: tenha um hobby). O mundo não vai desmoronar porque você foi embora por alguns dias.

Pense no seu guarda-roupa de trabalho como um uniforme

O que você usa para trabalhar dependerá da formalidade do seu local de trabalho. Lembre-se: sua aparência vale muito. Talvez uma coisa que as séries não mentem: estar sempre bem vestido é fundamental.

Você provavelmente passará muito tempo sozinho

Como já falamos acima, você provavelmente não passará tanto tempo num fórum dando discursos, vai estar no seu escritório, gastando grande maioria do seu tempo sozinho, olhando para a tela do meu computador, seja lendo resumos e notas, ou escrevendo. Talvez seja uma das coisas que as séries de televisão menos mentem.

Você estará essencialmente de plantão 24/7

Advogados trabalham muitas horas e os clientes podem ter problemas que exigem sua atenção a qualquer momento, independentemente de ser um fim de semana, férias ou durante suas férias. E graças à tecnologia, você pode e será esperado para responder e executar o trabalho de onde você estiver, o mais breve possível. À medida que você cresce mais experiente, você melhorará para distinguir uma verdadeira emergência de algo que pode aguardar. Mas você nunca mais estará fora de serviço.

Publicidade




Você provavelmente não será rico

Mais uma vez, filmes e TV não refletem a realidade. Claro, há muitos advogados muito bem-pagos (e até ricos), mas isso é realmente apenas a camada superior da profissão. A maioria dos advogados ganha mais uma renda sólida de classe média. A faculdade de direito pode ser extremamente dispendiosa para alguns, então pense com atenção antes de contrair uma dívida pesada. Se você se tornar um advogado porque você acha que irá torná-lo rico, você pode ficar um pouco decepcionado – especialmente se você pudesse ter feito um salário equivalente em um emprego que você teria gostado mais.

Não seja tímido

Aqui está uma peça fundamental. Advocacia e timidez não combinam. Se você é tímido e quer se tornar um advogado, saiba que existem treinamentos que fazem você perder a timidez.

Dica bônus: antes de se tornar um advogado, prepare-se!

Treinamento completo v3 from cristiane dupret filipe on Vimeo.

Clique aqui para mais informações.

Eduardo de Carvalho

Graduando em Direito pela Universidade Regional do Cariri - URCA. CEO do Jurisdicional.com.
 

Comments

comments

Deixe uma resposta